Sob as cerejeiras

Acabei de assistir Marley e eu e lembrei quando eu li pela primeira vez o livro, nem tinha estreado o filme ainda, logo de cara  me apaixonei pelas histórias engraçadas e pela maneira que o autor John Grogan escrevia, simples e clara , gostei tanto que li e reli várias vezes e se tornou uns dos meus livros favoritos.

trailer Marley e eu

o resumo do livro:

John e Jenny tinham acabado de se casar. Eles eram jovens e apaixonados, vivendo em uma pequena e perfeita casa, sem nenhuma preocupação. Jenny queria testar seu talento materno antes de enveredar pelo caminho da gravidez. Ela temia não ter vindo com esse ‘dom’ no DNA, justamente porque matara uma planta, presente do marido, por excesso de cuidado  – afogando-a. Então, eles decidiram ter um mascote. Vão a uma fazenda, escolhem Marley, ao tomar contato com uma ninhada, porque também ficam encantados com a doçura da mãe, Lily; depois têm uma rápida visão do pai, Sammy Boy, um cão rabugento, mal-encarado e bagunceiro. Rezam para que Marley tenha puxado à mãe, porém suas ‘preces’ não são atendidas. A vida daquela família nunca mais seria a mesma. Marley rapidamente cresceu e se tornou um gigantesco e atrapalhado labrador de 44 kg, um cão como nenhum outro. Ele arrebentava portas por medo de trovões, rompia paredes de compensado, babava nas visitas, apanhava roupas de varais vizinhos e comia praticamente tudo que via pela frente, incluindo tecidos de sofás e jóias. As escolas de adestramento não funcionaram – Marley foi expulso por ter ridicularizado a treinadora. Mas, acima de tudo, o coração de Marley era puro. Marley repartia o contentamento do casal em sua primeira gravidez e sua decepção quando sobreveio o aborto. Ele estava lá quando os bebês finalmente chegaram e quando os gritos de uma adolescente de dezessete anos cortaram a noite ao ser esfaqueada. Marley ‘fechou’ uma praia pública e conseguiu arranjar um papel num filme de longa-metragem, sempre conquistando corações ao mesmo tempo em que bagunçava a vida de todo mundo. Por todo esse tempo, ele continuou firme, um modelo de devoção, mesmo quando sua família estava quase enlouquecendo. Assim, eles aprenderam que o amor incondicional pode vir de várias maneiras.

O penúltimo  capitulo do livro  se  chama sob as cerejeiras,  achei  ele lindo, separei a minha frase favorita:

Para um cão,você não precisa de carrões,de grandes casas ou roupas de marca. Símbolos de status não significavam nada para ele. Um graveto já está ótimo. Um cachorro não se importa se você é rico ou pobre, inteligente ou idiota, esperto ou burro. Um cão não julga os outros por sua cor, credo ou classe, mas por quem são por dentro. Dê seu coração a ele, e ele lhe dara o dele. É realmente muito simples, mas, mesmo assim, nós humanos, tão mais sábios e sofisticados, sempre tivemos problemas para descobrir o que realmente importa ou não. De quantas pessoas você pode falar isso? Quantas pessoas fazem você se sentir raro, puro e especial? Quantas pessoas fazem você se sentir extraordinário?

Eu realmente recomendo esse livro, com certeza Marley e eu marcou a minha infância. E você, teve alguma coisa que marcou a sua infância? Me conte, é só comentar.

Bjs, Cinthia *-*

Anúncios

Sallem <3

 Nesta  segunda- feira, dia 23, meu filhinho sallem morreu :´-(

Eu fiquei arrasada, aconteceu muita coisa desde que eu escrevi este outro post, eu sinceramente não tenho palavras para descrever como foi viver com sallem, foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, ele lutou até o fim, deste o primeiro dia de vida quando a mãe dele rejeitou ele, ele miou a noite toda tentando chamar a mãe(eu não sabia que a gata tinha dado a luz) quando a gente soube (eu e minhas irmãs) fizemos de tudo para neguinha (gata) cuidar dele, mas não teve jeito, no dia seguinte levamos ele pro veterinário e ele nos garantiu que o gato ia sobreviver.

Depois de alguns dias neguinha (a mãe dele) pegou ele pra cuidar *-*  no dia fiquei tão feliz, tinham que ver neguinha com sallem, era um xodó só, os dois viviam grudados.

   Minha ultima foto com sallem 😦

Todo dia eu o via , ela estava bem, ficando forte, gordinho. Domingo foi o ultimo dia dele, ele parecia estar bem (normal) a gente colocou ele na caminha dele no 2° andar com neguinha, nesta segunda eu falei pra minha irmã ir ver ele antes de eu ir pro colegio, eu nunca vou esquecer quando eu soube que ele tinha morrido, eu não tenho palavras para descrever a dor que eu  senti quando eu soube que nunca mas eu ia ver ele, o vazio tão grande que só alguem que perdeu um bichinho querido pode sentir, não tive coragem de olhar para ele depois, meu pai enterrou ele no jardim. Eu não quero lembrar dele morto, quero lembrar dele bem, o gatinho recém-nascido que lutou pela vida, o gatinho que ficou sozinho no primeiro dia de vida,  o Sallem que eu dava mamadeira de 1 em 1 hora, as noites que ficava ao lado dele, fazendo carinho,  esperando ele dormir e é esse Sallem que eu vou sempre lembrar.

Bjs, Cinthia.

comprinhas!!!!

Quem não gosta de fazer umas comprinhas de vez em quando, eu ♥ amo,  se eu pudesse vivia no   shopping 🙂

Esses dias fui ao shopping com minha irmã e acabei comprando algumas coisinhas. Eu já estava um tempo procurando uma camisa de ombro caído que ficasse bem em mim e finalmente consegui achar uma, ela ficou com o caimento perfeito, eu tambem tinha  achando uma i ♥ paris mas ficou folgada.      eu adorei essa estampa, eu comprei na Marisa por R$ 19,90.

Quando eu ví esse mocassim foi amor a primeira vista *-*  comprei ele na Riachuelo por R$ 49,90.

O mocassim que comprei é de veludo, achei uma graça esse cadarço!!!

 Essa sapatilha eu ganhei de presente da minha mãe (obrigada mãe!!!!) eu adorei a cor dela e é super confortável.

Eu acho que nem preciso comentar que eu amei o laço 🙂

 Essa pulseirinhas eu comprei em uma lojinha perto do shopping, custou R$ 5 reais cada.

Eu fiquei super feliz com as minhas compras dessa semana, em breve tem + hihihi, já tô de olho em uma botinha linda. Bjs, Cindy *-*

ps: não esqueçam de comentar.

Fotos……..

Primeiramente eu queria perdir desculpas por eu  ter sumido, como sempre eu fico adiando os posts.  Mas enfim, pra quem não sabe eu ♥ fotografar e desenhar,  então sem + delongas aqui estão algumas fotos que eu tirei essa semana:

O céu desta vez estava muito bonito, fiquei apaixonada *_*

               Eu  ♥ totoro, ele sempre foi meu grande amor rsrsrsrsrsrsrsrs.

         Totoro com o seu guarda-chuva.

        Josie, minha filhinha!!!          Tô emocionada, finalmente consegui fazer um layout decente 🙂     Domingo eu fui assistir Na estrada, com  as minhas irmãs, mas não recomendo (é sério teve uma cena que eu fiquei chocada) ⊙﹏⊙

        Adivinha quem tá aqui de novo,  Josie. E pra fechar com chave de ouro, Che.

                 Beijos, Cindy ; )

aleatório da semana.

já faz um tempo que eu queria estrear essa nova categoria aqui no blog, quando eu fiz esse blog, meu objetivo inicial era postar pelo menos 2 vezes pro semana, mas pelo visto não deu muito certo.

Tudo mundo sabe que a ultima semana de férias  é sempre corrida, dever pra fazer, coisas para organizar, compras a fazer e para piorar minha  situação, a minha gata neguinha deu a luz 2 filhotes, quando eu fui dar conta 1 já tinha morrido e o outro ela rejeitou, e ai não teve jeito a única coisa que restava a fazer era eu mesma adotar ele, a gente (eu e minhas irmãs) levamos ele pro veterinário, como ele é recém-nascido não sabe se alimentar e nem fazer as necessidades sozinho, então em 1 em 1 hora a gente tem que dá o leite especial dele, limpar ele, estimular ele a fazer xixi e cocô, fazer carinho, + graças a deus ele já tá bem e não corre nenhum risco de vida, então voltado ao assunto do blog, essa nova categoria vai mostrar fotos aleatórias que aconteceu na semana!!!

esse é o novo integrante da minha família, meu filhinho sallem.

esse é o gato + folgado do mundo Che. (esse cabelo  é meu da minha irmã)

nada melhor que terminar a semana, com uma pipoquinha e um bom filme.

ontem o céu estava tão bonito que até me deu vontade te tira uma foto.

grand finale os meus três ♥ amores, já deu pra percebe que eu adoro gato e tenho + rsrsrsrsrs e ai o que acharam, beijos cinthia *-*

passo-a-passo kermit o sapo.

Hoje aqui no blog, vou ensinar a fazer um quadro do Kermit o sapo.

Como dia 5 (quinta-feira) é aniversário da minha sister (parabéns, 19 anos já tá ficando velhinha) fui ao shopping pra comprar um presente a ela,  mas não tive sorte,  não achei o que eu estava procurando, qualquer coisa do kermit, o sapo + fofo do mundo, então eu   tive a  brilhante ideia de fazer um quadro, então sem mais delongas aqui está o passo-a passo.

você vai precisar de:

  • 1 tela de pintura(eu usei a de 40 x 30)
  • pincel (de preferencia fino)
  • tintas de várias cores.
  • lápis.

PRIMEIRA PARTE.

Você começa desenhado kermit na tela, uma dica,  tenha sempre a foto dele do lado, como tem muita gente que não saber desenhar ele, fiz esse video, é só clicar aqui.

SEGUNDA PARTE.

Primeiro você mistura as cores, outra dica, primeiro pinte o contorno e assim que você terminar pinte o resto, mas tome muito cuidado pra não borrra. Para o rosto e barriga, eu misturei verde, branco e um pouco de amarelo e pro  lencinho eu usei verde lima é só colocar + amarelo.

TERCEIRA PARTE.

Última parte, agora é só você pintar o fundo, se você achar que ficou mau pintado, como no meu caso. é só você colocar + uma camada de tinta, eu usei azul claro e voilá quadro pronto.